UM GUIA PARA INICIANTES SOBRE ALIMENTAÇÃO CONSCIENTE

Almoços de fim de semana sempre foi uma coisa importante para a nossa família, no meu caso antes de casar era muito importante para os meus pais e posso garantir que meu marido aderiu na vida dele e depois com filhos na nossa. E como meu marido adora cozinhar e modéstia parte ele é muito feliz na cozinha diz que é a terapia dele e gosta de   agradar a todos aqui em casa mesmo que os desejos sejam diferentes rsrsrs. Ele adora passear pelos corredores do mercado e pensar em algum prato diferente para família . E sem dizer que aqui no EUA os supermercados é um convite delicioso e saboroso com tantas possibilidades e diversidades de alimentos oragânicos e frescos. 

Aqui em casa meu marido e meu filho comem de tudo sem restrições , já minha filha é vegetariana e eu estou caminhando mais para ser 100% vegetariana, ainda tem algumas coisas que aprecio demais.

Então, quando li pela primeira vez sobre alimentação consciente em um artigo  acredito uns dois anos atrás do New York Times, fiquei intrigada e determinada  a colocar em prática na minha vida, mesmo já comendo super saudável alguns anos percebi que precisava mudar algumas coisas.

A alimentação consciente está enraizada na prática da atenção plena e nas práticas de meditação budista, mas na realidade é menos espiritual do que parece e definitivamente não exige que meditemos antes dos pratos ou do nosso jantar em absoluto silêncio. É simplesmente incentivar as pessoas a se concentrarem mais em experiências e momentos, apreciar pequenas alegrias e desenvolver algum tipo de consciência sobre o que estamos comendo por que e como.

Embora definitivamente não seja um conceito novo para os praticantes de atenção plena, está lentamente causando ondas no setor de saúde convencional, com um crescente corpo de pesquisas mostrando que pode contribuir para o desenvolvimento de hábitos alimentares saudáveis ​​e um relacionamento mais equilibrado com os alimentos.

O QUE EXATAMENTE É COMER ATENTAMENTE?

Mindfulness tornou-se um chavão bastante popular ultimamente. Mas como é o caso de muitos chavões, principalmente relacionados ao estilo de vida às vezes pode parecer um pouco obscuro .

E eu não gosto de obscuro. Eu gosto de concreto tangível e prático. Dessa forma sinto que posso entender o significado deles relacionar-me com eles e ter uma chance muito melhor de realmente incorporá-los em minha vida. Então quando se trata de alimentação consciente, aqui está o que isso significa para mim:

 Pensar na comida não apenas como uma necessidade mas também como uma fonte de diversão . Apreciar os sabores, cheiros, cores e a quantidade de trabalho necessário para preparar uma boa refeição além de elevar o ato de comê-la a uma experiência agradável.

 Estar em sincronia com meu corpo e tratá-lo bem . Saber o que é necessário para funcionar bem (não apenas o que devo comer mas também como devo comer). Isso inclui saber quanta comida eu preciso ou quantas vezes tenho que comer por dia. Isso é profundamente pessoal e todos nós temos que aprender a decodificar nossas próprias pistas e gatilhos físicos quando se trata de comer. Por exemplo especialistas podem dizer que é melhor fazer refeições menores ao longo do dia mas simplesmente não está funcionando para mim,  estou perfeitamente bem com três refeições regulares. Isso não significa que não posso ser saudável dessa maneira.

 Educar-me sobre comida e saber de onde ela veio . Ser informado sobre informações nutricionais básicas ler os rótulos dos alimentos saber como os alimentos são produzidos e de onde vêm. Saber o que está na estação também é uma parte essencial e muitas vezes esquecida, comprar produtos sazonais é importante para a nossa saúde (os valores nutricionais são os mais altos), para o meio ambiente (apoia a produção local e portanto para o nosso orçamento (os produtos sazonais geralmente são mais baratos).

+ Compras inteligentes de alimentos e diminuição do desperdício de alimentos . Estar atento a mim não é apenas um lema espiritual ou uma ferramenta de crescimento pessoal, mas também engloba uma compreensão mais ampla das consequências de minhas escolhas de estilo de vida. Planejar refeições e fazer compras de acordo, assim como tentar minimizar o desperdício de alimentos são fatores importantes para mim.

POR QUE PRECISAMOS PRATICAR MAIS ATENÇÃO EM NOSSOS HÁBITOS ALIMENTARES

Se não formos honestos conosco e devorar comida a uma velocidade relâmpago, sabemos que não é realmente bom. E embora a comida seja definitivamente uma necessidade também pode ser muito mais.

É uma parte importante da nossa cultura uma fonte de criatividade, uma experiência sensual e também uma experiência social. Como e o que comemos é importante para o nosso corpo para o nosso bem-estar, para a economia e o meio ambiente.

Infundir um pouco de atenção em comer pode nos ajudar a desenvolver um relacionamento mais equilibrado com a comida. Pode nos ajudar a aprender a ouvir e entender as dicas do corpo quando se trata de fome ou plenitude e reduzir o estresse ou a compulsão alimentar. Pode transformar momentos aparentemente comuns em pequenas experiências agradáveis. E acho que também pode nos ajudar a nos tornar consumidores mais inteligentes e mais conscientes. 

8 DICAS PRÁTICAS PARA ADOTAR UMA ALIMENTAÇÃO CONSCIENTE

OBTENHA EXPERIÊNCIA EM PRIMEIRA MÃO DE COMO OS ALIMENTOS SÃO FEITOS

Sou um grande fã dos mercados de agricultores. É uma experiência tão diferente do que colocar frutas, legumes ou outros produtos frescos em uma sacola plástica em um supermercado comum. A comida que você recebe no mercado é muito mais autêntica e fresca, você pode apoiar pequenos agricultores locais, conhecê-los e aprender sobre suas técnicas, eles adoram bater papo e explicar absolutamente tudo é muito bacana ver a preocupação de cada agricultor. 

Outra maneira de ficar mais íntimo com a comida é organizar experiências divertidas, como ir a fazendas desses agricultores, festivais gastronômicos, participar de uma colheita de morangos por exemplo é uma experiência gastronômica, pelo menos aqui no EUA isso acontece muito. E outra dica para todos é quando você estiver viajando vale a pena conferir as muitas oportunidades de comida local. Você realmente conhece novos alimentos frescos e cultura local. 

LEIA OS RÓTULOS DOS ALIMENTOS 

Saiba de onde é como foi feito e o que realmente está nele. Decodificar qualquer tipo de etiqueta pode parecer um desafio, mas na realidade precisamos apenas aprender o básico e todas essas palavras científicas se tornam menos assustadoras e facilmente digeríveis.

CRIE UM AMBIENTE DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL 

Dedicar um tempo para preparar uma boa refeição, arrumar a mesa usar utensílios de mesa simples mas bonitos pode ajudar a inserir um pouco de atenção nos nossos hábitos alimentares.

PRATIQUE COMER DEVAGAR 

Tente reservar bastante tempo para suas refeições, considere isso como uma chance de relaxar e descansar. Coma sem distrações mastigue bem a comida. Aprecie as experiências sensoriais  o cheiro sabores cores e textura. Cortar a comida em pedaços menores também é uma boa técnica que pode ajudar a diminuir o ritmo da sua alimentação.

NÃO JULGUE – OS OUTROS OU A SI MESMO 

 É importante ter calma com nossas próprias escolhas alimentares. Reconhecer problemas de peso ou saúde, bem como maus hábitos alimentares e tentar alterá-los ativamente é um bom começo. Mas em nossa eterna busca por um estilo de vida saudável também é fácil exagerar e sentir-se mal por todas as opções alimentares que não sejam saudáveis.

A atenção plena para mim é sobre equilíbrio . Eu nunca vi isso em termos de porcentagem mas se na maioria das vezes estamos ingerindo alimentos nutritivos, obtemos as proteínas, vitaminas e fibras necessárias.

UMA REFEIÇÃO CONSCIENTE POR DIA 

Acho que não é totalmente realista sugerir que comemos todas as refeições de maneira adequada, sentada, devagar, mas ainda devemos ter como objetivo comer com mais frequência dessa maneira. Especialmente se tivermos tempo se estivermos em casa ou comermos juntos em família. Comece com uma refeição por dia reserve um tempo para prepará-la bem e se possível  exclua as distrações (como a TV ou o telefone), coma devagar, preste atenção à comida à sua frente e aproveite a experiência. Eu diria que é um ritual para uma alimentação consciente.

TORNE-SE MUITO MELHOR NO PLANEJAMENTO DAS REFEIÇÕES 

Essa é uma área em que realmente preciso me concentrar para o futuro. Felizmente muitos de nós somos realmente  exagerados nas compras dos alimentos, que o diga meu marido ele sim é extremamente exagerado rsrsrsrs, sempre acha que  não comprou o suficiente. O planejamento de refeições é uma ótima maneira de estar atento à maneira como comemos e como fazemos as compras. Isso nos faz pensar mais sobre que tipo de comida vamos comer ou preparar nos próximos dias. Isso pode economizar dinheiro, porque podemos fazer compras com uma lista real e não passear sem rumo no supermercado, comprando tudo o que vemos. Também pode reduzir significativamente o desperdício de alimentos.

CRIE UMA DIETA NUTRICIONALMENTE EQUILIBRADA 

Eu não sou especialista em nutrição, mas tenho lido e estudado o suficiente sobre este tópico para ter pelo menos um entendimento justo de que tipo de nutrição nosso corpo precisa. Além disso também percebi ao longo dos anos que quanto mais equilibrada é minha dieta, menos desejo tenho por vários lanches desnecessário ao longo do dia. Só posso oferecer meu mantra habitual, pesquisa, pesquisa e um pouco mais. E vale a pena tentar.

Você pratica a alimentação consciente?

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

Smoothie de água de coco, mirtilo e banana

banana mirtilo coco água batido

Um smoothie de água de coco e mirtilo com banana é uma maneira fácil e deliciosa de hidratar, adicionar antioxidantes importantes e aumentar o potássio. 

Você sabia ???

 Embora as bananas tenham uma casca protetora, o cultivo de bananas não orgânicas (convencionais) utiliza muitos produtos químicos tóxicos na forma de herbicidas e pesticidas, que não lavam necessariamente a fruta. Sem mencionar o uso de produtos químicos tóxicos é terrível para os agricultores que os cultivam! Eu não quero nada disso na minha comida ou no meu corpo, então pagar um pouco a mais por um bananas orgânicas é uma decisão fácil para mim.

Como estamos no tópico de produtos químicos e pesticidas, não quero esquecer de mencionar que comprar mirtilos orgânicos também é uma boa idéia.

Ingredientes

  • 1 banana madura
  • 1/2 xícara de mirtilos
  • 1 xícara de água de coco
  •  4 xícara de gelo

Instruções

Adicione todos os ingredientes ao liquidificador, misture até ficar homogêneo e bem cremoso.

Está pronto !!!

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

Receita de chá de casca de banana para um sono tranquilo

Você sabia que pode usar chá de casca de banana para ajudar a combater a insônia e obter um sono reparador tranquilo?

Se você tiver problemas para dormir, experimente este remédio caseiro ,

  • Causas de insônia 
  • O que é chá de banana? (e benefícios para a saúde)
  • Como fazer chá de casca de banana
  • Dicas úteis

Pronto para aprender uma maneira fácil (e saborosa!) De obter melhor qualidade e sono reparador ? Não deixe de ler!

Como resultado da má qualidade do sono, não é incomum sentir fadiga, sentimentos de baixa energia, ansiedade, irritabilidade e até depressão.

Existem muitas causas para dormir mal ou ter insônia como :

  • Questões médicas de saúde – refluxo ácido, problemas de açúcar no sangue, dor
  • Medicamentos prescritos – esteróides , antidepressivos, anti-histamínicos
  • Transtornos da saúde mental – estresse, ansiedade, depressão
  • Opções de estilo de vida – fumar, beber muito álcool,  ficar muito tempo no celular  ou videogame

Estes são apenas alguns exemplos de problemas que podem ser a causa do sono ruim.

Existem medicamentos convencionais disponíveis para ajudar, mas estes geralmente vêm com uma longa lista de efeitos colaterais e não abordam a causa raiz.

Assim, a curto prazo, alguns podem encontrar benefícios com os comprimidos para dormir, mas definitivamente não são uma solução a longo prazo ou a melhor opção na maioria dos casos.

Embora essa seja uma decisão que você deve tomar com a assistência do seu médico. Como sempre, você decide!!

 

O que é chá de casca de banana?

 O chá com a casca da banana é exatamente o que parece.

Agora você pode estar se perguntando por que faria um chá com cascas de banana.

Quero dizer, esses geralmente são jogados fora, certo?

É verdade que as cascas de banana são normalmente jogadas no lixo e não são levadas em consideração.

Mas depois de ler sobre os benefícios do chá de banana para dormir melhor, você não vai querer jogar mais as cascas fora de novo. 

Benefícios de saúde de cascas de banana

Portanto, a maioria das pessoas sabe que as bananas são um alimento saudável e geralmente são consideradas pelo seu teor de potássio, mas você sabia que a casca também contém:

  • magnésio
  • aminoácidos
  • antioxidantes

 Beber chá de banana antes de dormir pode ajudar a aliviar a insônia e ajudar a dormir melhor, porque foi demonstrado que o magnésio e o potássio têm qualidades relaxantes musculares.

O L-triptofano, um aminoácido encontrado nas cascas de banana é convertido em 5-HTP no organismo, que é então usado para produzir serotonina e melatonina, ambas conhecidas como hormônios indutores do sono.

Como a suplementação de melatonina é um tanto controversa, por que não ajudar seu corpo dando-lhe o que é necessário para torná-lo próprio!

E, finalmente cascas de banana contêm antioxidantes. Essas pequenas substâncias são importantes porque podem impedir ou retardar os danos oxidativos em nossas células.

Ao juntar esses componentes você obtém a combinação perfeita de nutrientes para ajudar a combater a insônia e obter um sono reparador e tranquilo!

Como fazer chá de casca de banana

Ingredientes:

  • 1 casca de banana ou banana inteira, se você escolher lavada, com as pontas cortadas 
  • 2 xícaras de água fervente
  • Opcional:
  • 1 ramo de canela em pau
  • 1/4 colher de chá de extrato de baunilha
  • 1/4 colher de chá mel cru

Instruções

  1. Lave delicadamente sua banana
  2. Corte cada extremidade
  3. Corte a banana em pedaços
  4. Retire a casca (se você não estiver usando a banana inteira)
  5. Adicione a casca 2 xícaras de água
  6. Adicione ingredientes opcionais, se desejar (exceto mel cru)
  7. Ferva por cerca de 10 minutos
  8. Remova a casca (ou coe o líquido) e coloque na xícara
  9. Adicione mel cru se desejar

Aproveite.

 

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

Como tratar o câncer efetivamente de todos os ângulos, sem causar danos a um corpo que já lida com o estresse da doença.

 Acredito que as ferramentas para evitar, curar e evitar a recorrência de seu câncer  hoje são de grande importância .

Todos nós temos a capacidade inata de se curar, no entanto às vezes nosso ambiente tóxico, estilo de vida, estresse emocional e genética trabalham contra nosso sistema imunológico e permitem que o câncer se desenvolva. Considero que esses fatores são a causa principal do crescimento do câncer e, ao corrigir essas áreas suas chances de eliminar o câncer e  ou permanecer livre de câncer aumentam drasticamente.

A razão pela qual 50% dos pacientes com câncer não respondem favoravelmente aos tratamentos tradicionais contra o câncer é que eles não conseguem resolver as causas subjacentes do câncer com suas mais de 200 causas, incluindo vírus, metais pesados ​​e outros patógenos que provocam a formação de câncer, alguns cancros com característica fúngica, alguns com mudança de pH em direção ao ácido, outros causados ​​por deficiências nutricionais e minerais que nos deixam vulneráveis ​​à formação de câncer e até mesmo choques psicoemocional  relatados por pacientes que agem como a primeira centelha que inicia todo o processo do câncer. Independentemente da resposta do tumor aos tratamentos tradicionais ou naturais, o câncer só pode ser pronunciado curado se nunca ocorrer novamente. É por isso que devemos saber exatamente a causa do câncer. 

A abordagem da medicina integrativa para o câncer não visa apenas o próprio câncer, mas também aborda as muitas razões subjacentes pelas quais as pessoas têm câncer. Baseia-se em décadas de pesquisa sobre o que causa câncer, o que propaga o câncer e o que impede a capacidade do corpo de destruir o câncer. A medicina integrativa aborda cada uma das áreas do corpo oferecendo  terapias não tóxicas que podem ajudar a eliminar seu câncer.

Maneiras naturais de combater células cancerígenas

Em primeiro lugar, capacitar e assumir a responsabilidade por sua saúde e fornecer as  ferramentas para isso.  A medicina integrativa é desenvolvido para ajudar eliminar o câncer estimulando o sistema imunológico, desintoxicando, alcalinizando e oxigenando o corpo, liberando traumas emocionais, modificando a dieta e o estilo de vida é possível permanecer livres do câncer .

Você é a ferramenta mais importante e poderosa que existe, e você pode ter sucesso com os cuidados da sua própria saúde, pois o seu sistema imunológico vai curar você .

Fortalecer

A melhor defesa do nosso corpo para o câncer são as células que matam o câncer dentro do sistema imunológico que funcionam especificamente para procurar e destruir as células cancerígenas. A pesquisa sugere que um sistema imunológico comprometido é um dos principais contribuintes para o desenvolvimento do câncer. A medicina integrativa oferece terapias que podem aprimorar o sistema imunológico ou seja otimizar a capacidade de combater o câncer .

 

Esclarecer

Há um número enorme de reações e emoções associadas ao câncer. É importante encontrar uma maneira apropriada de acessar essas emoções, liberá-las e colher os benefícios positivos no sistema imunológico. A clareza de espírito permite relaxar e desfrutar a vida.

 

Desintoxicar

Internamente seu corpo trabalha continuamente para se manter limpo. Sua pele, fígado, pulmões, rins, sistema linfático e cólon trabalham em conjunto para tratar e eliminar essas toxinas e resíduos. Quando você tem câncer seu sistema de desintoxicação deve trabalhar ainda mais e pode se beneficiar de um programa completo de desintoxicação.

Modificar

Para alcançar e manter uma vida livre de câncer é necessário modificar sua dieta e estilo de vida. Os fatores que contribuem para a doença incluem uma dieta não saudável e um estilo de vida sedentário e cheio de preocupações. Alimentos orgânicos, alcalinos, integrais, bem como luz solar, atividade e suplementação vitamínica adequada ajudam a alcançar uma saúde ideal e fornecem ao corpo e ao sistema imunológico as ferramentas necessárias para curar seu câncer.

Alcalinizar

Pesquisas demonstraram que o pH dentro e ao redor das células cancerígenas é ácido. Demonstrou-se que o pH ácido estimula a invasão e metástase de células tumorais. Como o câncer prospera em um ambiente ácido. Um pH alcalino protege o corpo contra o câncer e pode até ajudar a se defender contra ele uma vez presente.

Oxigenar

Como evidenciado pela pesquisa do Dr. Otto Warburg, o câncer prospera em um ambiente sem oxigênio.  Exatamente devemos aumentar a circulação e o fluxo proporcional de oxigênio para as células.

O QUE É CÂNCER?

É fácil se perder em tantas informações diferentes sobre doenças. Isso é especialmente evidente em todos os cânceres, a menos que se lembre de que cada tipo de câncer é apenas uma descrição técnica detalhada de onde se origina. É um diagnóstico e não fornece outras informações. Embora o câncer seja câncer, você deve se concentrar em tratá-lo e não somente no seu diagnóstico ou tipo. Quando você cura, o câncer também cura.

Então, o que é câncer? As células saudáveis ​​são marcadas por crescimento celular controlado e morte. No entanto o crescimento celular canceroso é uma proliferação selvagem e descontrolada. O câncer é o crescimento irrestrito de células anormais no corpo. O câncer se desenvolve quando o mecanismo de controle normal do corpo para de funcionar. As células velhas não morrem e as células crescem fora de controle formando novas células anormais. A célula muda de aeróbica (usando oxigênio para energia) para anaeróbica (usando fermentação para energia). Infelizmente essas novas células mutadas não se comportam da mesma maneira que as células saudáveis.

Então o que sabemos sobre o câncer? Na infância da Terra praticamente não havia oxigênio em nossa atmosfera e as formas de vida eram  anaeróbicas o que significa que elas não respiravam oxigênio. A glicólise anaeróbica, uma forma de fermentação usa o açúcar como uma forma de energia para as células prosperarem e se reproduzirem. Em um ambiente que carece de oxigênio as células devem ser anaeróbicas para sobreviver.

Com base na pesquisa do médico e cientista alemão vencedor do Prêmio Nobel, Otto Warburg, sabemos que todas as células cancerígenas usam principalmente esse método primitivo de produção de energia a partir do açúcar, a glicólise anaeróbica. O que Warburg também descobriu foi que as células cancerígenas estavam com pouco oxigênio devido a uma alteração na respiração celular do uso do oxigênio para a fermentação do açúcar. Além disso o Dr. Warburg também descobriu que quando as células se tornam cancerosas elas também aumentam em vinte vezes os receptores de açúcar. Nas suas próprias palavras:

“O câncer, acima de todas as outras doenças, tem inúmeras causas secundárias. Mas, mesmo para o câncer, há apenas uma causa principal. Resumindo em poucas palavras, a principal causa do câncer é a substituição da respiração do oxigênio nas células normais do corpo por uma fermentação de açúcar. ”

O Dr. Otto Warburg também descobriu que o câncer prospera em um ambiente ácido. A partir disso, ele teorizou que essas condições de baixo oxigênio e altamente ácidas causavam câncer.

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

Dieta de desintoxicação de metais pesados

O que é envenenamento por metais pesados ?

Benefits of detoxifying your body | Herbal One

O envenenamento por metais pesados ​​é o acúmulo de vários metais pesados ​​em seu corpo. Fatores ambientais e industriais expõem você a altos níveis de metais pesados ​​todos os dias, incluindo os alimentos que você come e o ar que respira.

Alguns desses metais  como  zinco, cobre e ferro são bons para você em pequenas quantidades. Mas a superexposição pode levar a envenenamento por metais pesados, como o que ocorre na  doença de Wilson. Isso pode ser fatal.

Dependendo do seu nível de exposição, os medicamentos administrados por via intravenosa sob supervisão médica podem remover essas toxinas. Esses medicamentos se ligam aos metais, um processo chamado quelação. O seu médico testará seu sangue, urina e cabelo para medir a toxicidade dos metais.

Além da quelação, você pode considerar uma terapia complementar natural como uma “desintoxicação de metais pesados”. No entanto a maioria desses tratamentos não é apoiada por pesquisas. Existem algumas opções alimentares que incorporam alimentos que atraem eletricamente o metal para ajudar a movê-lo para fora do seu corpo.

Sintomas de envenenamento por metais pesados

A exposição prolongada a metais pode ser tóxica, causando efeitos colaterais prejudiciais que variam de dores de cabeça a danos em órgãos. É importante que você procure tratamento médico se tiver toxicidade por metais pesados.

Os sintomas de toxicidade de metais pesados ​​variam de acordo com o tipo de metal ao qual você está superexposto. Mercúrio, chumbo, arsênico  e cádmio são alguns dos metais superexpostos mais comuns.

Os sintomas agudos associados a esses metais incluem:

  • dores de cabeça
  • dor abdominal e cólicas
  • náusea
  • vômito
  • diarréia
  • fadiga
  • dificuldade para respirar

Nos casos mais graves de envenenamento crônico por metais pesados, você pode ter sintomas como :

  • sensações de queimação e formigamento
  • infecções crônicas
  • Confusão mental
  • distúrbios visuais
  • insônia
  • paralisia

Alimentos bons e ruins para exposição a metais pesados 

Muitas pessoas sofrem acúmulo de metais pesados ​​em seus sistemas devido aos alimentos que ingerem. Alguns estudos sugerem que você pode evitar a superexposição a essas toxinas, evitando certos alimentos. Comer outros alimentos conhecidos por remover metais pesados ​​do sistema também pode ajudar.

Alimentos para comer

Alguns alimentos podem ajuda-ló a desintoxicar, eliminando os metais pesados do seu corpo. Esses alimentos se ligam aos metais e remove no processo digestivo.

Comer alimentos ricos em vitaminas e minerais pode ter efeitos protetores para aqueles expostos a metais pesados.

Os alimentos de desintoxicação de metais pesados para comer incluem :

  • coentro
  • alho
  • mirtilos 
  • limonada
  • spirulina
  • chlorella
  • suco de grama de cevada em pó
  • Dulse do Atlântico – palmaria palmata, alga Dulce ( uma alga marinha comestível )
  • Curry
  • chá verde
  • tomates
  • probióticos

Além disso, se você não estiver recebendo a ingestão diária recomendada de vitaminas, considere tomar suplementos.

As deficiências de vitamina B, B-6 E C são associados com baixa tolerância a metais pesados e toxidade mais fácil . Estudos relatam que a vitamina C tem efeitos quentes no ferro. Em um estudo em animais, os suplementos de B-1 demonstram diminuir os níveis de ferro.

Alimentos para evitar 

Uma desintoxicação eficaz do metal pesado inclui mais do que incorporar frutas e legumes saudáveis . Para minimizar os efeitos do envenenamento por metais pesados ​​ou evitá-lo por completo você precisa eliminar alguns alimentos da sua dieta.

Isto é especialmente verdade para alimentos processados e gorduras em excesso. Esses alimentos têm um valor nutricional mínimo e retardam o processo de desintoxicação. Isso ocorre porque as gorduras tendem a absorver as substâncias nocivas que você deseja remover.

Alguns alimentos para limitar ou evitar em sua dieta de desintoxicação de metais pesados ​​incluem:

  • arroz  integral, especificamente porque geralmente contém  arsênico ( procure orgânico )
  • alguns  peixes, como  peixes maiores e de vida longa, pois tendem a conter mais mercúrio
  • álcool
  •  alimentos não orgânicos  

Outlook para está condição 

A intoxicação por metais pesados ​​pode desencadear uma série de efeitos colaterais prejudiciais. Se não tratada pode ser fatal. Siga com qualquer tratamento médico recomendado. Converse com seu médico sobre como as mudanças na dieta podem ajudar a protegê-lo da superexposição de metais pesados.

Leva tempo para desintoxicar e remover com segurança a toxicidade do metal do seu corpo mas é possível.  Consulte seu médico ou nutricionista para discutir suas opções.

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

Cookies de aveia com gotas de chocolate

Nesse dia Internacional do Chocolate, não poderia deixar de postar uma receita super saudável e deliciosa, e mais americana impossível .

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de linhaça + 6 colheres de sopa de água
  • 1 xícara de farinha de aveia
  • 1 1/2 xícaras de aveia em flocos
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 banana
  • 1/4 xícara de agave ou xarope de bordo
  • 3 colheres de sopa de gotas de chocolate 70%

1. Pré-aqueça o forno a ( 180 graus )

2. Adicione as sementes de linhaça e a água no liquidificador, misture e mantenha-as de lado.

3. Coloque a farinha de aveia, a aveia em flocos, a canela em pó, a banana amassada, o xarope de agave ou bordo e os ovos , junte a mistura do liquidificador (linhaça + água) em uma tigela e misture todos os ingredientes.

4. Coloque a massa (cerca de 1,5 colheres de sopa cada) em uma assadeira com papel manteiga. Pressione a massa com as mãos ou uma colher de sopa para achatar levemente.

5. Adicione as gotas de chocolate 70% e asse os biscoitos até dourar (por cerca de 15 ou 20 minutos).

6. Remova e deixe descansar por cerca de 5 minutos na panela. Em seguida, transfira os cookies para um rack de resfriamento até que estejam frios.

7. Aproveite!

 

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

Receita de risoto de abóbora e sálvia

 O bacon e o parmesão são opcional.

Ingredientes:

1 Abóbora, descascada e cortada em pedaços pequenos

3 colheres de sopa de azeite

1 xícara  de sálvia folhas frescas e picadas

6 xícaras de caldo de legumes

1/4 xícara de Manteiga 

1 Cebola  finamente picada

1,5 xícaras de arroz arborio 

1 copo de vinho branco

(OPCIONAL) Parmesão ralado e pedaços de bacon, valor adicionado a seu critério

Pré-aqueça o forno. Misture a abóbora picada com azeite de oliva e a sálvia picada em uma panela rasa e leve no forno, ( 1 colher de sopa ) de azeite.

Certifique-se de que uma camada de abóbora esteja espalhada uniformemente na panela e asse no forno por 30 min. Depois de terminar desligue o forno e deixe descansar  enquanto faz os outros passos para o risoto.

Enquanto a abóbora estiver assando, despeje o caldo de legumes em uma panela e deixe ferver.  Em uma frigideira  separada grande derreta a manteiga em fogo médio e adicione a cebola picada. Mexa bem até a cebola ficar transparente e adicione o risoto . Mexa tudo até que tudo esteja coberto de manteiga e quando as bordas dos grãos do arroz risoto começarem a parecer transparentes.

 Nesse ponto você deve mexer de forma consistente.

Despeje o copo de vinho branco e deixe ferver na mistura de risoto e cebola até evaporar completamente. Depois de evaporado, comece a adicionar o caldo de legumes que foi fervido e abaixe o fogo para se manter aquecido, e vai adicionando aos poucos no risoto Aqui está o truque para obter o risoto perfeito –  NÃO adicione outra concha de caldo até que a atual seja totalmente evaporada. É um processo de paciência  porque  você precisa continuar mexendo o tempo todo a cada caldo de legumes adicionado novamente.

Uma vez que todo o caldo tenha sido colocado todo o risoto deve começar a parecer cremoso e levemente ensopado. O teste de sabor determinará se o risoto está macio o suficiente para consumir e eu sugiro prová-lo antes de terminar

Lembre-se da abóbora !? Neste ponto acredito que você manteve elas no forno delegado quente .Pegue uma colher ou espremedor de batatas e amasse metade da abóbra e mantenha a outra metade na forma original. Acrescente a abóbora amassada no risoto até que ela se misture bem. Neste ponto você pode adicionar os pedaços de queijo ou bacon opcionais e misturar também na mistura.

Pegue um prato e  coloque um pouco de risoto e adicione alguns pedaços inteiros de abóbora que você separou e sirva-se ! Você criou com sucesso um prato incrível .

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

 

O que são os superalimentos e como você pode usá-los para melhorar sua alimentação

O que superalimentos destacam-se por serem alimentos ricos em nutrientes essenciais, que são  excelentes, para o bom funcionamento do organismo tais como vitaminas, minerais, antioxidantes, aminoácidos , fibras, ácidos gordos essenciais está.
Superfoods, SuperAlimentos

O QUE SÃO SUPERALIMENTOS?

Um superalimento é um alimento particularmente rico em compostos como antioxidantes, fibras ou ácidos graxos, que são especialmente benéficos para a saúde. Bem amplo, certo? Bem, tudo se resume às alegadas propriedades de melhoria da saúde que os alimentos têm e benefícios nutricionais que você pode obter com eles.

Espinafre e couve podem ser considerados superalimentos, graças à sua abundância de vitaminas e minerais e a todos os benefícios da promoção da saúde que você recebe ao comê-los. O mesmo vale para um suco verde cheio de superalimentos. Além disso, coisas como os adaptogens – também conhecidos como cogumelos medicinais, ervas e temperos frequentemente usados ​​na medicina oriental – podem ser considerados superalimentos e também usamos em muitas receitas em Nutrition Stripped.

Quando você vê os alimentos como uma ferramenta para sua saúde que ajuda a prevenir doenças crônicas, mantém sua mente afiada, sustenta seu sistema imunológico ou lhe dá mais energia, então você deseja consumir os alimentos que oferecem o melhor retorno possível – os alimentos que fornecem várias dessas vantagens em uma única mordida.

Então, quais são alguns dos superalimentos mais populares no momento? Leia sobre três superalimentos modernos, mas eficazes, e maneiras comuns de encontrá-los.

VOCÊ PRECISA DE SUPERALIMENTOS E QUANDO DEVE USÁ-LOS?

Em primeiro lugar, se você não está comendo bem de forma consistente um superalimento não vai magicamente torná-lo saudável. 

Pense nos superalimentos como uma maneira de melhorar o sabor ou adicionar um impulso de nutrientes à sua refeição já saudável e equilibrada.

Você não precisa comer superalimentos para ter um estilo de vida saudável. Superalimentos podem ser caros para muitos, mas se é algo que você deseja explorar, pode ser uma maneira divertida de experimentar novos alimentos e melhorar ainda mais à sua refeição.

8 SUPERALIMENTOS COMUNS QUE VOCÊ PODE EXPERIMENTAR PRIMEIRO

Alguns superalimentos vêm em sua forma natural , por exemplo, couve ou outras verduras enquanto outros estão disponíveis em uma capacidade mais conveniente, como  em pó ou líquido. Aqui estão alguns dos superalimentos mais recentes que têm crescido  na popularidade, além do que eles fazem e como usá-los.

Lembre-se, de verificar a fonte de onde está  vindo o seu superalimento e faça algumas pesquisas sobre a marca, para saber se é de boa procedência .

1. Óleo ou Pó MCT

MCT significa triglicerídeos de cadeia média, que é um tipo de gordura. Você encontrará MCTs em cocos e óleo de coco embora possa comprá-lo em forma de óleo, também o encontrará em pó. Seu corpo pode digerir mais facilmente os MCTs, graças à sua cadeia química mais curta.

Um dos maiores benefícios do MCT é que ele pode ajudar a aumentar a saciedade e diminuir a ingestão de alimentos, o que pode levar à perda de peso, de acordo com uma pesquisa. Eles também demonstraram ajudar a melhorar a microbiota intestinal, levando a resultados promissores para queima de energia e saúde metabólica isso é especialmente benéfico para indivíduos obesos.

Obviamente, o MCT não será sua salvação mágica para perda de peso. É um bom complemento para uma dieta saudável, baseada em vegetais mas não é um remédio para perder peso ou resolver todos os problemas de saúde.

Como usar o MCT Powder:

Você pode ter excesso de MCT em sua dieta por isso não exagere no consumo. Tente manter cerca de uma a duas colheres de sopa no máximo por dia. Acrescente facilmente em um smoothie ou uma xícara de café pela manhã para dar à sua bebida uma dose de gorduras saudáveis ​​para mantê-lo satisfeito e com mais energia.

O MCT em pó ou óleo é um ótimo superalimento para experimentar se você gosta de chá ou café com leite, porque pode ser adicionado diretamente a eles.

2. Levedura Nutricional

O fermento nutricional tem um sabor forte e o sabor é semelhante ao queijo cheddar rico e acentuado, por isso é o fator de sabor perfeito em muitas receitas para obter esse sabor de queijo, mesmo se você não come laticínios. É isso que o torna tão popular no estilo de vida vegetariano e vegano!

O fermento nutricional é comumente chamado de “superalimento” porque contém muitas  vitaminas do complexo B, proteínas e fibras em um volume muito pequeno.

Este é um ótimo superalimento para tentar começar, porque entra em muitas receitas à base de plantas e pode ser adicionado com facilidade em muitos alimentos.

Como usar levedura nutricional:
Use levedura nutricional polvilhada em tudo e qualquer coisa! É ótimo no arroz, batatas, pipoca e legumes assados. Você também pode misturá-lo em molhos.

3. Nibs de cacau

 São pequenos grãos de cacau esmagados, embalados com uma abundância de benefícios nutricionais e deliciosos.

 Como a maioria dos produtos de chocolate que existem  por aí as pontas de cacau são naturalmente muito baixas em açúcar. Assim como nossos outros superalimentos, as pontas de cacau são naturalmente embaladas com antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres que de outra forma causariam danos ao nosso corpo. Eles também têm uma quantidade surpreendente de fibras e gorduras, que os tornam um ótimo componente de refeição para aumentar a saciedade.

Além disso, os flavonóides do cacau demonstraram diminuir a inflamação.

4. Goji Berry

Os goji barry ganharam o título de superalimento devido à sua grande densidade de nutrientes e teor de antioxidantes.

Se você nunca experimentou um goji berry, eles têm gosto de passas e amora misturados!

Os goji barry são embaladas com fibra para ajudar a mantê-lo cheio e sustentar energia o dia todo. Eles também são elogiados como uma fonte potente de antioxidantes  a zeaxantina, por exemplo é responsável pela cor vermelha e laranja brilhante do goji berry. Seus antioxidantes ajudam a proteger o corpo dos radicais livres aos quais podemos estar expostos. O consumo de bagas de goji também tem sido associado ao aumento da testosterona, energia, resistência e qualidade do sono.

Como usar bagas de Goji:
Use como faria com qualquer fruta seca! Acrescente com mingau de aveia, saladas ou smoothies. Eles também são ótimos para adicionar um pouco de sabor doce para acompanhar misturas ou sobremesas!

5. Spirulina

Spirulina é uma microalga verde-azulada cultivada e colhida em fontes de água muito alcalina.

Spirulina fornece uma série de benefícios para a saúde. Possui propriedades anti-inflamatórias dos antioxidantes, pode aumentar a função imunológica, proteger o fígado, reduzir reações alérgicas, melhorar a resistência muscular, melhorar o estresse oxidativo, reduzir o câncer bucal e também ajudar a combater infecções e doenças relacionadas a antibióticos. 

A Spirulina também é embalada quase 80% de proteína por peso seco de proteína, essencial para reconstruir o tecido muscular após os treinos, mantendo a massa corporal magra especialmente se você estiver em um plano de perda de peso ou gordura e essencial para o  processo metabólicos no corpo

Como usar Spirulina:
Spirulina pode ser adicionada a smoothies, sobremesas, sucos frescos ou água para aumentar a nutrição. Ele também adiciona uma bela cor azul aqua à receita quando usada!

6. Adaptogens

Os adaptogens incluem uma variedade de produtos, como cogumelos medicinais, ervas e especiarias. Freqüentemente utilizados na medicina oriental eles se tornaram muito mais populares na cultura ocidental nos últimos anos. Esses alimentos oferecem muitos benefícios que promovem a saúde, incluindo possíveis tratamentos e prevenção de doenças. Um estudo também mostrou que os adaptógenos podem ajudar seu corpo a lidar melhor com o estresse, o que geralmente pode causar estragos em seu corpo. Isso também pode levar a uma maior longevidade.

Além dos cogumelos, um adaptógeno popular e conhecido é o açafrão . A cúrcuma em particular mostrou benefícios promissores à saúde como combater a doença de Alzheimer. Outros adaptógenos menos conhecidos incluem ashwagandha, Rhodiola, manjericão, ginseng asiático e Schisandra.A maioria dos adaptógenos é mais comumente usada como anti-inflamatório o que pode ajudar a afastar da doença e da dor.

Como usar o Adaptogens:

Como a maioria dos adaptógenos são especiarias ou ervas, você pode jogá-los em smoothies, saladas, café ou outras bebidas de sua preferência.

7. Maca

A maca é um vegetal de raiz adaptogênico da família dos crucíferos cultivado no Peru.

Os benefícios da maca incluem equilíbrio hormonal, resistência, redução da ansiedade e depressão, força física e foco ou clareza mental. Maca também melhora a fertilidade e libido. Embora às vezes as evidências científicas das alegações sobre os benefícios para a saúde da maca não sejam significativamente suportadas, o conteúdo puro de minerais e vitaminas justifica essa raiz como um “superalimento”.

Como usar Maca:
Maca é um pó fino que pode ser adicionado a qualquer coisa como aveia, granola e cereais de café da manhã a sobremesas, smoothies e sucos . O pó é facilmente misturado em qualquer coisa que você escolher.

8. Cogumelos

 Os cogumelos podem ser incluídos na categoria adaptógenos, mas eles também tem  várias formas, desde alimentos integrais, versões secas, até um pó e em diferentes tipos, como reishi, shiitake, chaga, maitake, ostra-rei ou cordyceps. Os benefícios dos cogumelos são interessantes e merecem mais pesquisas sobre seus benefícios ajudando a reduzir certos tipos de câncer a melhorar a saúde do coração.

 Podem ajudar a melhorar a imunidade e melhorar a saúde do coração e reduzir resfriados comuns e certos tipos de câncer. A maioria desses benefícios vem das propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes dos cogumelos. Algumas pesquisas mostram que os cogumelos fornecem todos esses benefícios para a saúde porque protegem contra o estresse oxidativo e podem ajudar a fortalecer as mitocôndrias ou as potências que fornecem energia às células do corpo.

Durante o processamento dos alimentos, grandes quantidades dos seus componentes são perdidos, então o ideal para se poder beneficiar de todos eles é consumi-los crus e de preferência sempre que possível orgânicos. Mas sabemos que nem sempre isso é possível  devido aos preços elevados que são comercializado.

 

 

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

Como usar a alimentação consciente para melhorar seus hábitos alimentares

A alimentação consciente é uma prática que permite que você seja mais intencional com seus hábitos alimentares, além de manter um relacionamento saudável com a comida

Desacelerar e conscientizar mais o que você está comendo e como se sente antes, durante e após as refeições é uma das melhores práticas que você pode ter para encontrar o que funciona para você e criar hábitos alimentares saudáveis. 

Não há restrições quanto aos alimentos ao praticar a alimentação consciente, e isso ajuda a criar mais consciência, pensamentos e emoções positivas em torno dos alimentos e das refeições.

Ao se sintonizar com nossos corpos e honrar nossos gostos, aversões, vontades e necessidades pessoais, você pode desenvolver uma abordagem mais sustentável da alimentação que o suporte em sua vida diária. 

O QUE É COMER CONSCIENTE?

Acreditamos que existem dois aspectos importantes de se comer bem todos os dias, o que você come e como você come. O conceito de alimentação consciente é mais sobre como comer e não o que ou quanto você está comendo. É tudo sobre colocar o foco de volta na sua experiência nas refeições.

A fim de comer conscientemente, precisamos ouvir nossos sinais de fome, gosto e saciedade.

Ao comer conscientemente, os alimentos que antes eram rotulados como “fora dos limites” ou “ruins” que instigariam episódios de compulsão alimentar, não têm mais poder sobre você.

Vamos aprofundar os princípios específicos por trás dessa maneira de comer.

Desacelere e aprecie suas refeições sem distração

Comer rapidamente tornou-se parte da nossa cultura. Seja um café da manhã em movimento, quando você está correndo pela porta ou um almoço rápido, para voltar ao trabalho  tudo parece ter sido acelerado.

Ao comer conscientemente, é importante diminuir o ritmo da sua alimentação. Faça uma pausa ou respire fundo entre as mordidas e depois mastigue e engula completamente antes de dar a próxima mordida.

Diminuir a velocidade do processo de comer permite que você esteja presente naquele momento e avalie verdadeiramente  ainda estou com fome ou estou apenas comendo sem pensar?

Comer conscientemente também significa que quando você está comendo, você está apenas comendo. Dessa forma, você pode realmente se concentrar em sua comida, apreciá-la e experimentá-la de verdade.

Quando você faz essas coisas, é capaz de experimentar sua comida de maneira mais consciente  a maneira como a comida tem sabor, tudo isso contribui para a experiência de comer.

Preste atenção  quando se sentir satisfeito (a)  

Quem mais cresceu ouvindo sobre o clube do prato limpo?

É muito comum as pessoas acreditarem que, se houver comida no prato elas precisam terminar. Às vezes pode até haver um sentimento de culpa ou vergonha quando a comida é deixada intocada.

Se você realmente está com fome e quer limpar o seu prato  vá em frente!

Os sinais da sua fome são a maneira do seu corpo dizer que precisa de energia. Ao comer conscientemente, queremos apenas garantir que nossas dicas de fome guiem nossa alimentação, em vez de sugestões situacionais ou ambientais.

Também é importante ouvir sinais de fome e saciedade ao determinar quando comer. Em vez de comer em um horário rígido, comer atentamente significa reconhecer quando seu corpo diz que você está com fome de verdade.

O fato de utilizar essas dicas de fome e saciedade dará a você o poder de determinar gatilhos que não são a fome para comer, e sim para que você possa entender melhor seu relacionamento com os alimentos.

Se você já lutou para comer quando está entediado, estressado ou sentindo outras emoções, essa habilidade pode ajudá-lo a entender essas situações e lidar com suas emoções. 

Coma alimentos que sejam nutritivos para o corpo e satisfatórios para você 

É essencial nutrir-se de alimentos ricos em nutrientes e garantir que você esteja fornecendo ao corpo os nutrientes necessários para que ele funcione adequadamente. 

Mas a comida é muito mais do que apenas alimentar nosso corpo físico. Comida é sobre conexão, prazer, diversão, experiência, cultura, celebração, tradição e expressão artística, especialmente ao cozinhar.

Seus gostos e aversões devem orientar suas escolhas alimentares e seus hábitos alimentares. Comer alimentos que você realmente gosta é consciente.

Não se julgue com base nos seus gostos e desgostos. Todo mundo é diferente e é perfeitamente aceitável querer e apreciar o sabor de algo que pode não ser necessariamente considerado saudável  em nutrientes  como eu gosto de dizer, pode ser bom para a alma.

Encontre alimentos ricos em nutrientes que você goste e que também não se sintam culpados por apreciar alimentos que você gosta que não sejam tão nutritivos.

Pratique gratidão em relação à sua comida 

Quando você se sentar para comer  pense em todos os diferentes componentes dessa refeição e expresse gratidão pelo que tem. 

Quanto mais você aprecia e realmente experimenta sua comida, mais consciente e no momento em que estará com suas ações e escolhas.

Reflita sobre suas escolhas 

Dizemos isso o tempo todo, mas o perfeito não existe. Mesmo aqueles que praticam a alimentação consciente há anos podem agir sem pensar aqui e ali  e tudo bem  isso é esperado!

O objetivo aqui é apenas reconhecer quando isso acontece e como você se sente. Talvez seja por estresse ou tédio. Ou talvez você tenha acabado de comer ao ponto de desconforto.

Seja qual for o cenário, aprender a estar ciente e refletir sobre situações como essas ajudará você a se entender ainda mais.

BENEFÍCIOS DE COMER CONSCIENTEMENTE

Agora que conhecemos os principais componentes da alimentação consciente, por que devemos nos preocupar em experimentar?

Crie um relacionamento saudável com alimentos

Um relacionamento saudável com a comida é vital para absolutamente todos.

Quando dizemos um relacionamento saudável, isso significa alguém livre de regras alimentares, culpa ou julgamento, liberdade de comida, se quiser.

Se você lutou com distúrbio alimentar, hábitos alimentares desordenados ou dieta crônica, criar um relacionamento saudável com os alimentos através da alimentação consciente pode fazer toda a diferença na sua recuperação.

Por exemplo, muitos estudos demonstraram que o uso da alimentação consciente provou ser bem-sucedido na minimização de episódios de transtorno da compulsão alimentar periódica, alimentação emocional e alimentação desencadeada .

Aprenda a monitorar dicas ambientais ou emocionais 

Muitas vezes, nossos hábitos alimentares ou escolhas alimentares podem ser feitos a partir de sugestões ambientais  como as batatas fritas na sala do escritório ou o que seus amigos estão pedindo quando você sai para comer  ou sugestões emocionais  como estresse, tédio ou tristeza. 

Em vez disso, queremos fazer escolhas alimentares com base em nossos sinais de fome e saciedade, e uma alimentação consciente pode ajudá-lo a praticar  isso.

A alimentação consciente o orienta a sintonizar onde você está com seus níveis de fome e o que seu corpo precisa e deseja.

Às vezes, isso pode ajudá-lo a dizer, você sabe o que é. Eu não quero essas batatas fritas agora ou Eu realmente não gosto dessas batatas no escritório, eu prefiro ter um pedaço do meu chocolate favorito quando eu chegue em casa mais tarde. 

Outras vezes, pode ajudá-lo a dizer. Eu não estou com tanta fome, mas eu realmente apreciaria uma sobremesa agora. Vou ver se alguém quer compartilhar, para não me sentir muito culpado.

Ou talvez. Percebo que não estou com fome, mas quero um lanche. Eu acho que é porque eu estou entediado agora. O que eu poderia fazer?

Ao conscientizar o que você está sentindo e as escolhas que você está fazendo, você pode obter pequenas informações sobre si mesmo assim você tende a comer enquanto assiste à TV ou não gosta muito dos lanches no escritório, mas os come de qualquer maneira .

Seja como for, essa consciência pode ajudá-lo a fazer escolhas que se alinham melhor com o que você deseja sentir e com o que seu corpo precisa e deseja, em vez de ser influenciado por fatores externos. 

Desenvolver um melhor relacionamento consigo mesmo

Comer conscientemente pode trazer sua atenção de volta para você e seus hábitos alimentares.

Dedicar um tempo para fazer uma pausa, comer devagar e sem distrações pode mostrar onde estão os gatilhos externos da comida e permitir que você fique mais sintonizado com os sinais de fome e saciedade.

A alimentação consciente também permite determinar quaisquer associações ou sentimentos negativos que você possa ter com a comida.

Uma vez que você consiga reconhecer e entender essas partes de si mesmo, a alimentação consciente pode ajudá-lo a criar mais consciência, pensamentos e emoções positivas em torno da comida.

SINAIS DE QUE VOCÊ PODE ESTAR COMENDO SEM PENSAR

Às vezes, quando temos hábitos a longo prazo, pode ser difícil identificá-los no primeiro momento não importa, você pode  começar a mudá-los.

A seguir, estão alguns dos sinais mais comuns de comer sem pensar:

  • Sentir-se excessivamente cheio no final de uma refeição
  • Comer constantemente sem sentir fome ou saciedade
  • Vivenciando episódios de compulsão alimentar
  • Sentindo-se como se você mal tivesse provado uma refeição até o final dela
  • Experimentando um descontrole em torno dos alimentos
  • Comer refeições tão rapidamente que você mal tem um momento para experimentar a comida de verdade

Comer sem pensar não é nada para se envergonhar. Estou disposto a apostar que todo mundo já experimentou um ou mais desses sinais em um ponto de suas vidas.

Simplesmente reconhecer o ato de comer sem pensar já o coloca no caminho certo para se tornar mais consciente e intencional com seus hábitos alimentares.

 9. PRÁTICAS ALIMENTARES CONSCIENTES PARA EXPERIMENTAR HOJE 

Se algum dos sinais acima mencionados, se encaixam para você aqui estão algumas etapas que você pode começar para comer com mais atenção.

1. Faça o check-in antes e depois das refeições

Antes e depois de comer, pare e pergunte a si mesmo: “Como me sinto?”.

Determine se você está com fome ou cheio, relaxado, estressado ou com algum problema  emocional. Ao fazer isso, você também pode determinar por que está comendo. Idealmente, só comemos quando estamos com fome, mas esse nem sempre é o caso.

Ao praticar esse auto-check-in, com o tempo você pode se tornar consciente e entender melhor seu relacionamento com a comida. Você pode desenvolver o hábito de estar atento à sua alimentação e hábitos alimentares.

2. Remova todas as distrações das refeições

Distrações na hora da refeição podem rapidamente tirar a atenção de comer.

Tire um tempo para pensar ativamente sobre todas as distrações que você geralmente tem enquanto come. Talvez seu telefone, TV ou até mesmo tarefas de trabalho durante a hora do almoço.

Remova essas distrações e concentre-se apenas em comer. Isso traz a atenção de volta à sua refeição e você terá muito mais chances de reconhecer e perceber sua fome, saciedade, gosto e a experiência geral de suas refeições.

3. Mastigue completamente

Sei que este parece obrigatório, mas mastigue bem a comida!

Quando estamos com pressa ou simplesmente comendo rapidamente por hábito, a comida acaba passando para o esôfago mal mastigado. Isso não é apenas desvantajoso para a atenção plena, mas também pode causar complicações na digestão, como inchaço e gases.

Quanto mais mastigamos a comida, mais tempo o cérebro tem para reconhecer cognitivamente  exatamente o que estamos fazendo e eventualmente reagir de acordo com a saciedade.

4. Aprecie sua comida

Quando você se sentar para comer, pense em todos os diferentes componentes dessa refeição. Qual o sabor disso? Qual é a textura? Com o que se parece? Quanto tempo levou para se preparar?

Quanto mais você aprecia e realmente experimenta sua comida, mais atento estará com suas ações e escolhas.

5. Coma uma variedade de alimentos 

Outra prática alimentar consciente é nutrir seu corpo comendo uma variedade de alimentos.

Um forma de manter seu sistema simples é garantir que você nutra seu corpo físico durante todo o dia, comendo uma abundância de alimentos integrais e à base de plantas. Os cinco incluem: proteínas, carboidratos não amiláceos ( fontes de amido ) gorduras saudáveis.

Quando você comer mude também as cores ( coma um arco-iria ). Isso ajuda a garantir que você está recebendo uma variedade de vitaminas e minerais.

6. Use todos os seus sentidos

Estamos destinados a experimentar nossa comida, o sabor, o cheiro tudo contribui para a experiência de comer.

Quando usamos nossos sentidos e realmente experimentamos nossa comida, estamos atentos e presentes naquele momento.

7. Pratique a alimentação consciente comendo à mesa

Sentar à mesa é outra ótima prática, principalmente porque muitos de nós podemos nos acostumar a comer em nossas mesas ou a comer no sofá. Precisamos treinar o cérebro para reconhecer que é hora de relaxar e comer.

8. Diário consciente

O registro no diário pode ser excepcionalmente benéfico para uma abundância de cenários diferentes, especialmente para a atenção plena.

Dedicar um momento ao diário sobre o que você gostaria que fosse seu relacionamento com a comida ou quais são as suas lutas alimentares podem ajudar a resolver a falta de determinação  ao longo do tempo. Não precisa ser formal ou regulamentado basta começar a escrever e ver aonde sua mente o leva.

O registro no diário pode ajudar a esclarecer seus pontos negativos e lutas, principalmente quando apresentados de maneira tangível.

9. Utilize Meditação

A meditação desempenha um grande papel na alimentação consciente. Meditação é sobre ganhar consciência e perspectiva. Permite observar seus pensamentos e sentimentos sem julgamento.

O objetivo da meditação coincide diretamente com o da alimentação consciente. Quando usado em conjunto, você pode aprender a entender seus hábitos e tendências alimentares e fazer mudanças conscientes sem julgamento ou culpa.

COMO VOCÊ PODE COMEÇAR A COMER CONSCIENTEMENTE 

Praticar a alimentação consciente pode ter uma influência positiva significativa em sua vida. Seu próximo passo é colocar isso em prática. O que você pode tirar deste texto  e o que você pode experimentar hoje ou praticar todos os dias?

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

 

Batido de Banana com Manteiga de Amendoim e Chocolate

Este Smoothie de Banana com Manteiga de Amendoim e Chocolate é uma maneira deliciosa e fácil de nutrir seu corpo a qualquer hora do dia!

Falando sério, essa combinação clássica de sabores é super satisfatória, e além de simples de ser combinada. As probabilidades são de que você já tem todos esses itens básicos na despensa, portanto fique à vontade para saborear este smoothie fácil de manteiga de amendoim e banana sempre que quiser!

A estrela desta receita é a manteiga de amendoim, e aqui está o porquê, ela contém proteínas, potássio e fibras, tornando-a uma adição rica em nutrientes a qualquer refeição ou lanche saboroso.

Proteína:

Todos nós sabemos que a manteiga de amendoim é rica em proteínas  2 colheres de sopa fornecem cerca de 8g de proteína.A proteína é especialmente importante porque está envolvida na saúde digestiva, reconstruindo tecidos e músculos, energia, produção hormonal, saúde imunológica como anticorpos, enzimas, estrutura e armazenamento  transporte de outras moléculas. A proteína faz parte de cada célula do nosso corpo.

Fibra:

Manteiga de amendoim é uma boa fonte de ambos os tipos de fibra  solúvel e insolúvel. A fibra é importante por muitas razões. Saúde digestiva, colesterol reduzido, risco reduzido de doenças cardíacas e diabetes e até prevenção de alguns tipos de câncer.

Potássio:

A banana é uma grande fonte de potássio, um mineral importante no corpo humano que regula um equilíbrio saudável de fluidos no corpo. Também é um mineral importante para ter um coração saudável,  pois ajuda a manter a pressão sanguínea saudável.

Opção Otimizador:

Como com todos os smoothies aumenta o conteúdo de proteínas adicionando seu pó de proteína à base de plantas favorito. Aqui, utilizei o de chocolate, o meu preferido.

Ingredientes:

1 xícara de leite de amêndoas  

2 colheres de sopa de manteiga de amendoim orgânica

2 colheres de sopa de cacau em pó orgânico 

1 banana congelada

Instruções:

Misture todos os ingredientes até ficar homogêneo. Adicione o gelo e jogue nibs de chocolate para decorar. Sirva imediatamente.

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br