A vida não é perfeita. Felizmente.

“A imperfeição é, de alguma forma, essencial para tudo o que conhecemos na vida.” – John Ruskin

como tirar fotos perfeitas 1

A vida não é perfeita. Descobrimos essa verdade cedo na vida. E quanto mais vivemos mais vemos que é verdade. Na verdade, as imperfeições nos cercam em quase todas as direções.

  • O mundo em que vivemos está longe de ser perfeito. Fome desastres e calamidades afetam tanto a vida daqueles que conhecemos quanto a vida daqueles que nunca conhecemos. Nosso mundo produz beleza, mas também produz muita dor.
  • As pessoas ao nosso redor estão longe de ser perfeitas. A ganância e o egoísmo prevalecem em todas as sociedades. Preconceito e equívocos prejudicam os relacionamentos. Embora o ódio e o desprezo tenham resultado em consequências terríveis desde o início dos tempos.
  • E infelizmente também estamos longe de ser perfeitos. Freqüentemente, somos enganados pela tentação e pelo vício. Lutamos dentro de nós mesmos para fazer o que é certo. E sabemos no fundo que existem muitas tendências prejudiciais à saúde que motivam nossas ações e decisões.

A vida não é perfeita. Nunca foi e nunca será. Mas isso pode ser uma boa notícia. Isso significa que podemos parar de buscar a vida mística e perfeita. Isso significa que podemos parar de perseguir a pele perfeita, o emprego perfeito, a casa perfeita ou o cônjuge perfeito. Isso significa que podemos encontrar liberdade para viver dentro de nossas imperfeições.

Na verdade, quanto mais cedo percebermos que a perfeição não está disponível para nós neste mundo, mais cedo podemos começar a viver uma vida melhor por causa das imperfeições. Considere o que significa a presença contínua de nossa imperfeição. Isso significa…

Podemos finalmente parar de perseguir a felicidade na perfeição. A felicidade não é algo a ser alcançado quando tudo ao redor é perfeito não pode ser. Em vez disso significa que podemos encontrar contentamento, felicidade e alegria mesmo em meio à deficiência. E quando começamos a perceber que a felicidade está totalmente disponível para nós hoje independentemente de nossa situação, melhores serão nossas chances de encontrá-la.

Podemos nos relacionar em nossa fraqueza. Depois de entendermos completamente que todas as pessoas são imperfeitas por natureza, podemos parar de fingir que temos tudo junto. Eu sou imperfeita e você é imperfeita. Então vamos parar de fingir que não somos. Em vez disso vamos começar a viver vidas autênticas e vulneráveis ​​com outra pessoa. Pois é em nossa fraqueza que encontramos nossa maior comunhão e comunidade.

Podemos admitir plenamente que precisamos de ajuda. Por causa de nossas imperfeições, todos nós temos pontos cegos tendências que continuamente nos tropeçam sem aviso prévio. Essas fraquezas e deficiências costumam ser vistas por outras pessoas, outras pessoas que podem nos ajudar a superá-las. Mas não até substituirmos nosso orgulho pela humildade e buscarmos a ajuda de outras pessoas.

Podemos aprender a crescer por meio de nossa imperfeição. Tornamos a imperfeição nossa serva aprendendo com ela. Todos nós vivemos com o arrependimento do passado. E nosso passado não tem que nos definir, mas pode definir nosso presente. Quando começamos a aceitar e reconhecer nossas fraquezas, nos colocamos em posição de começar a aprender com elas.

Podemos trabalhar fielmente para melhorar as coisas. Este mundo é imperfeito. E enquanto for habitada por humanos imperfeitos, continuará a ser. Essa percepção deve nos estimular a ajudar a tornar este mundo melhor. Não apenas porque o mundo precisa de nossa contribuição, mas também porque precisamos.

Podemos apreciar melhor o bem que vemos ao nosso redor. O topo das montanhas é alto porque os vales são baixos. Sem tristeza não há alegria. A imperfeição traz conhecimento. E porque sabemos que a vida é imperfeita, na melhor das hipóteses podemos encontrar alegria ainda maior nos pequenos momentos de vitórias e realizações .

A vida não é perfeita, mas continua. E quando aprendemos a abraçar totalmente tanto sua beleza quanto sua fraqueza, criamos a oportunidade de viver melhor em ambos os momentos.

Vanessa Bonafini

http://www.vanessabonafini.com.br

Um comentário em “A vida não é perfeita. Felizmente.

  1. A imperfeição na verdade e o que nos impulsiona para irmos em busca quem sabe da melhora..ela vem,chega forte na nossa vida…mostrando nossas falhas quando do erro gozamos e isso para alguns faz a diferença em buscar a melhora interior e quanto ao mundo..sejamos inteligentes o suficiente para percebemos o quão imperfeito ele por nós culpa exclusivamente nossa…é o que acho sobre o assunto..agr se vamos nos melhor e fazer desse mundo morada melhor cabe a cada um descobrir.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s