Qual é a maneira que você pensa sobre saúde e nutrição ?

Créditos da foto: Getty Images

Sem o contexto do todo, perdemos de vista as maiores implicações da ciência e como ela se encaixa no conhecimento existente.

 

 

 

Eu não entendo porque as pessoas tem tanta dificuldade em comer uma comida mais equilibrada, dieta vegetariana não pode ser considerado drástico . Enquanto você pensar que cortar pessoas na mesa de uma cirurgia ou tomar medicamentos para o resto da vida pode ser considerado normal. O ser humano tem se tornado conivente com muitas coisas no meu ponto de vista, triste realidade.

É verdade: o assassino número um do mundo de hoje é evitável e até reversível. As doenças cardíacas matam mais de 600.000 vidas por ano e são responsáveis ​​por 1 em cada 4 mortes. A única dieta que foi clinicamente comprovada para reverter esse número assustador  é uma dieta baseada em vegetais.

Os médicos são muito inteligentes, mas também são humanos e, como todos nós, podem  cometer erros. Admitir falhas é uma pílula difícil de engolir, especialmente quando você tem a tarefa de ajudar as pessoas a melhorar sua saúde. Mas isso deve ser feito para progredir pessoalmente e como sociedade. Seguir a ciência e adaptar a prática atual às melhores evidências disponíveis é uma evolução que mais profissionais médicos precisam seguir. Tratar a causa de qualquer que seja o tipo de doença  não é apenas mais seguro e mais barato, mas também pode funcionar melhor, tratamentos convencionais não abordam a causa e raiz eles simplesmente tratam sinais e sintomas. Não quero generalizar , mais acredito que ainda há muito para se mudar na medicina.

Precisamos ser mais abertos  sobre  seguir as evidências. As populações de vida mais longa do mundo comem predominantemente dietas à base de plantas. Concentre-se em alimentos vegetais coloridos, concentre-se na densidade de fibras e nutrientes. Quando nos concentramos em obter alimentos ricos em nutrientes em nossa dieta e em eliminar alimentos com componentes que são prejudiciais à saúde, estamos preparando o terreno para uma vida mais longa e vibrante.

A educação que os médicos recebem sobre a prevenção e reversão de doenças crônicas é lamentavelmente e nem sempre adequada, considerando a teoria em nutrição que tiveram na faculdade. Então quando prescrevem comprimidos ou procedimentos, estão fazendo o que lhes foi ensinado.

Mais com toda certeza alguns médicos vêm trabalhando diferente nos últimos anos, eles começaram a perceber que eles podem  reverter algumas  doenças e tirar os pacientes dos comprimidos, mudando sua dieta e estilo de vida.

Temos total poder sobre os alimentos que ingerimos e não ingerimos, e quanto mais cedo percebermos isso e mobilizarmos recursos para tornar essa mudança possível, mais saudáveis ​​todos seremos.

Nossa preferência por junk food é um comportamento aprendido, e comportamentos aprendidos podem ser desaprendidos. Ninguém nega que existem muitas forças que nos puxam na direção errada, mas devemos assumir a responsabilidade por nossa própria saúde e por nossas preferências alimentares e afirmar que há outra maneira de comer e viver.

Vanessa Bonafini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s