Quando você perdoa, se cura.Quando você se cura evolui.

Você é capaz de perdoar?

Todos nós um dia tivemos ou teremos de lidar com questões que nos fere por dentro. Algumas coisas são fáceis de deixar para trás, outras levam tempo. Isso se chama mágoa e está instalada na alma. A mágoa é um sentimento que nos prende, e quando ela se instala no nosso coração nos tira a paz, a alegria e até a nossa liberdade de lidar com as circunstâncias, de viver. E se a alma, por sua vez, não for tratada pode desencadear doenças emocionais, físicas e também espirituais, difíceis de serem cicatrizadas.

Você sabe o que a amargura pode fazer para o seu corpo? Ela interfere nos sistemas hormonal e imunológico. Além disso, pessoas zangadas e de mal com a vida tem pressão arterial e frequência cardíaca mais altas. Pessoas nesse grupo são mais propensas a morrer por problemas cardíacos e outras doenças.

Fisiologicamente, quando temos sentimentos negativos por outra pessoa, o nosso corpo instintivamente se prepara para lutar contra ela, o que leva a alterações como aumento da pressão arterial. Sentir-se dessa forma por um curto período pode não ser perigoso para a saúde – pode ser até útil para combater um inimigo – mas o problema é quando a amargura é contínua.

Sendo assim, qual seria a chave para abrir a porta dessa prisão? Como perdoar quem te fez mal? Como deixar livre o ofensor que te feriu? Quem traiu sua confiança? Quem quebrou uma aliança com você?

A chave para a libertação da alma é o perdão. Ele tem o poder de nos curar interiormente. Perdoar é resolver uma dívida, é liberar o ofensor para prosseguir e também a si mesmo. Já a falta de perdão corrói a alma, trás prisão interior. É como se alguém tomasse um veneno e este, por sua vez, fosse matando o indivíduo aos poucos. A falta de perdão só produz condenação e morte, seja ela física, emocional ou espiritual.

Entenda que liberar perdão é uma decisão, uma escolha, e não um sentimento. Você deve estar indignado comigo agora, não é mesmo?! Perdoar, geralmente não é fácil, mesmo quando você não é o responsável pela ofensa. Imagine, perdoar sem ter culpa, dar o primeiro passo, e ainda deixar o sentimento de lado. Não é nada fácil!

Por isso vamos tomar cuidado com os nosso sentimentos… principalmente daqueles que escondemos de nós.

‘Quem esconde os sentimentos, retarda o crescimento da Alma’.

 

Vanessa Bonafini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s