Pessoas Tóxicas

Talvez você seja uma pessoa tóxica e não saiba.

Falar de pessoas tóxicas é algo muito complexo, pois elas não têm uma característica padrão. Muitas vezes, elas parecem aos olhos do mundo ótimas pessoas, dando apenas aos mais próximos a chance de conhecê-las profundamente.

Dessa forma, quando ficamos um longo tempo próximos de alguém que tem o poder de nos intoxicar, é comum que comecemos a ter dificuldades de discernimento, falta de ânimo, problemas psicológicos e físicos devido a somatização de problemas. Problemas que, à princípio, poderiam ser até mesmo pequenos, mais que se avolumaram devido ao contato com uma ou mais pessoas tóxicas.

Eu mesmo já tive pessoas tóxicas ao alcance de uma mão. Demorei muitos anos para entender o mal que eu estava me fazendo ao permitir que pessoas assim pudessem opinar ou partilhar de minha vida.

Uma pessoa tóxica vai sentar ao seu lado e tentar provar que você não é capaz, vai torcer para você ser demitido, vai desejar que você seja tão vulnerável quanto ela. A pessoa tóxica vai te desmerecer e desmerecer aqueles que te amam de verdade. Vai sempre olhar para você e enxergar as piores coisas. A pessoa tóxica vai fingir que está ao seu lado, mas na verdade ela vai ser a primeira a puxar seu tapete quando você se desequilibrar. Não aceite nada de pessoas tóxicas, até mesmo as boas intenções não são tão boas assim.

O melhor a fazer é tomar distância delas. Viva sua vida da melhor forma possível, tenha fé na luz que existe em você, seja paciente com seus tropeços e acredite na força de seus passos.

Uma pessoa tóxica é aquela que parece “sugar” a sua energia e literalmente envenenar as suas ideias, escolhas, hábitos e todo um ambiente.

Frequentemente isso ocorre através de comentários ou atitudes — conscientes e inconscientes — que muitas vezes parecem inofensivas e parte da nossa rotina.

Parceiros, sócios, chefes, relacionamentos, amigos, colegas de trabalho e familiares. Elas estão em todos os lugares e com certeza você já se deparou, convive ou é uma pessoa tóxica.

Pode ser bem complicado! E se torna mais difícil se você está vulnerável de alguma forma, passando por uma fase difícil. Pois a sua percepção ou capacidade de cortar relações pode estar reduzida, o que te coloca em posição de se tornar refém de pessoas e atitudes assim.

Em tempo de mídias sociais, intolerância, trollagem, frustração e pessimismo, nós vivemos uma “Economia Emocional”. O ambiente digital se tornou perfeito para a toxicidade contagiante, onde atitudes e sentimentos negativos, tragédias e a desgraça alheia infelizmente são os “melhores” memes do momento.

Talvez disso tenha surgido o disfarce de socialização, que nos impede de realmente conhecer as pessoas e nossos próprios amigos, suas visões, seus sonhos e suas ideias.

Deveríamos ter uma escuta ativa, estar presente, dialogar e refletir sobre as ideias para criar as nossas próprias perspectivas das coisas. Deveríamos conhecer e não só conviver.

Apesar desse suposto disfarce de socialização , a gente continua um animal de bando.

A felicidade, realização e melhor versão de nós mesmos — deve ser o papel das nossas relações. Ao contrário, algumas dinâmicas sociais podem tirar a nossa autonomia, a nossa energia e neutralizar a nossa própria identidade e poder de decisão.

Deixemos que as pessoas tóxicas sejam apenas uma vaga lembrança em nosso passado. A vida se encarrega do resto.

Vanessa Bonafini

Assim como há pessoas tóxicas, há pessoas medicinais que chegam perto da gente e curam nossa alma.... Frase de Andrew Amaurick.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s