Sua vida perfeita não me interessa, obrigada!

Às vezes levo uns baques da vida que, juro, me faz ter vontade de “matá-la”. É um saco: você mal se recuperou de alguma coisa e lá vem outra, pronta para te fazer sentir a menor das criaturas. Convivo com algumas pessoas que devem ter nascido com a tal “bunda virada para a lua”, como dizem, pois tudo parece fluir meio que bem na vida delas. Claro que existem problemas e tudo mais, mas parece sempre mais simples e envolve menos sofrimento. Já comigo é assim: se estiver tudo indo muito bem ou for meio fácil, corre… Mas corre mesmo porque vai dar muito errado depois. Sim, estou bem pessimista hoje e não vou me desculpar por isso: tenho motivos para estar chateada.

Estou cansada de ver essa vida “perfeita” das pessoas nas redes sociais. É como se ninguém mais tivesse problema, todo mundo fizesse trocentas viagens incríveis várias vezes por ano, tivesse grana para comprar insanamente, só tivesse amigos lindos, frequentasse festas e eventos badalados, estivesse sempre perfeita e pronta para tudo: oi? Sério mesmo? E o pior é que as pessoas gostam de ver isso e se iludem muito com a vida alheia e aí passam a projetar a própria em cima desses sonhos e ilusões que os outros vivem. ”. Sabe, chega de fingir que a vida é perfeita porque a de ninguém é! Nem a da Angelina Jolie e do Brad Pitt é. Ninguém vive uma vida perfeita e tudo o que é postado é manipulado com o intuito de passar ao outro uma imagem que você quer ter de si mesmo.

A verdade é que todo mundo tem problema e para cada pessoa, o problema tem um peso. O que pode ser muito simples de resolver para mim pode ser um monstro para você, então não podemos julgar as limitações do outro.

Não se iluda: a vida perfeita não existe e você nem deve ostentar e desejar isso para você: olhe para a sua com mais amor, pense nos aspectos que você pode melhorar, vá fazer sua viagem bacana ou jantar naquele restaurante legal realmente dando valor ao momento que você está vivendo e se permita sentir felicidade, sabe? Talvez você só viaje uma vez por ano e coma num restaurante legal a cada dois meses: não importa! Curta tudo aquilo que você conquista, enfrente suas crises, se regozije nos dias bons, mas nunca se iluda com a aparente perfeição da vida alheia: infelizmente, em nossa sociedade, a perfeição é forjada e não passa de ilusão. Querer crescer mais, se amar mais, ganhar mais dinheiro e conquistar coisas que você deseja não é nada errado, mas cuidado com as projeções que você faz para não se frustrar depois:  a vida real não é um álbum de fotos do Facebook ou as publicações do Instagram!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: