Força Menina

Resultado de imagem para saude mental qual a importancia
Saúde Mental é o equilíbrio emocional entre o patrimônio interno e as exigências ou vivências externas. É a capacidade de administrar a própria vida e as suas emoções dentro de um amplo espectro de variações sem contudo perder o valor do real e do precioso. … Saúde Mental é estar de bem consigo e com os outros.

A saúde mental e a importância dela na vida das pessoas.

 

As vantagens de se poupar em um mundo que grita e exige tanto de você . As vezes me questiono sobre o bem que devemos fazer a nós mesmos e como somos injustos com nossa alma.

Afinal deveríamos sempre procurar o que fosse melhor para a gente, mas fazemos justamente o contrário. Em dias como esse eu me lembro da importância da saúde mental. E como é importante em alguns momentos silenciar o mundo lá fora e interiorizar sua energia dentro de você . Em outras palavras, o mundo grita freneticamente porque não mudar a realidade e viver a sua própria ? Ao olhar profundamente para gente conseguimos entender melhor nossos sentimentos. Saúde mental é justamente sobre isso: entender os momentos que ficar a sós não significa tristeza ou coisas ruins. É justamente o contrário. É se privar de ter esses pensamentos negativos. Sempre tem algo que podemos fazer pela gente, que seja algo bom.

Vanessa Bonafini

Anvisa quer legalizar maconha no Brasil !

Resultado de imagem para canabidiol é legalizado no brasil

Pacientes brasileiros que precisam de canabidiol, substância extraída da maconha para uso terapêutico, só têm acesso ao medicamento por meio de importação. O processo é caro e precisa ser autorizado anualmente pela agência.

A luta de muitas famílias continua, pois, para conseguir importar o medicamento sob prescrição e laudo médico e de forma onerosa. A ANVISA, a cada ano, demonstra a compreensão da importância medicinal do CBD para várias patologias. Avanços na legalização da importação dos produtos à base de canabidiol foram feitos pela agência brasileira, mas muito mais deve ser feito nos próximos meses. Atualmente, é necessária uma autorização para a importação do produto e tal autorização tem validade de um ano. Mais de 4 mil pessoas já conseguiram esta autorização para a importação.

O Brasil tem todas as condições para se tornar um grande player no mercado mundial, e por isso temos que pensar em regulamentações mais amplas, desburocratizadas e que permitam acesso a produtos / medicamentos legalizados e de alta qualidade, evitando-se assim os perigos da clandestinidade.

Dados apontam números extraordinários no mercado do CBD no Brasil, caso normatizado, podendo gerar em alguns anos, cifras anuais em torno de R$ 5 bilhões de reais. E isso é apenas o começo.

Há cada ano vem crescendo o uso terapêutico do Canabidiol e muitos paradigmas sendo quebrados, desmistificado conceitos errados. Com o crescimento da indústria e de novas regulamentações que acontecem cada vez mais no mundo, muitos médicos têm tido uma nova visão do tema Canabidiol e começam a requerer ações mais assertivas e urgentes pelos órgãos regulatórios no sentido de melhorar acesso e diminuir custos dos produtos.

A maconha e o CBD são diferentes. Nesse contexto, temos o THC, a substância psicoativa da planta. É essa a substância que dá o “barato” quando alguém fuma maconha. Desta forma, os novos medicamentos e produtos à base de CBD possuem um índice de THC baixíssimo, ou alguns não possuem, como no caso do PURODIOL que é 100 % natural, 100% produzido em área farmacêutica (ativo e produto final) e isento de THC.

Vanessa Bonafini

Como o óleo de cannabis funciona para matar o câncer

Pipeta com óleo de cannabis contra planta de maconha.

Os países com visão de futuro reconheceram os benefícios de cura da cannabis. A legislação mais recente sobre a legalização da maconha medicinal e recreativa ocorreu no Canadá em outubro de 2018.

A operação aprovada de lojas de varejo este ano em uma das maiores cidades do país, Ontário, provou que muitos são a favor dessa planta de alto calibre. Os consumidores não estão mais limitados na compra de serviços de entrega de maconha por correspondência, como o dispensário Get Kush .

Além disso, os fabricantes também impulsionaram essa defesa ao máximo. Outros derivados de plantas de cannabis, como o óleo de cannabis, estão a agitar a indústria de cuidados de saúde. A capacidade eficiente do óleo de cannabis em mitigar vários problemas de saúde, como epilepsia, dor crônica, inflamação, ansiedade, diabetes, distúrbios neurológicos e até mesmo câncer, nunca passará despercebida.

O óleo de cannabis é legal?

De acordo com a Lei de Substâncias Controladas , todos os derivados de cannabis com zero a menos de 0,3% de THC (delta-9-tetrahidrocanabinol) são considerados legais. Plantas de cannabis podem variar em conteúdo de THC e CBD. Então, dependendo da fonte da planta, os óleos de cannabis que têm zero a menos de 0,3% são aceitáveis.

A potência do óleo de cannabis também varia na fonte e no método de extração. Alguns métodos de extração são extração de isolados, extração de álcool ou extração de CO2.Extraindo de uma planta de cannabis inteira que tem um conteúdo dominante de CBD é dito ter o maior rendimento de canabinóides.

Ao obter a extremidade mais alta do espectro da extração, este óleo de cannabis altamente potente pode interagir com o sistema endocanabinóide do corpo. O sistema endocanabinoide tem tudo a ver com a regulação de diferentes funções do corpo, incluindo humor, comportamento, apetite, dor, sono, energia e muito mais. Além disso, o sistema endocanabinóide também é responsável pelo crescimento celular e apoptose.

E como o câncer é devido à proliferação anormal e à mutação das células, sabe-se que os canabinóides medicinais do óleo de cannabis ajudam a matar células cancerígenas anormais, especialmente nos estágios iniciais do câncer.

Como o óleo CBD ajuda na apoptose

A apoptose é um processo natural no corpo onde as células são destruídas como parte do crescimento de um organismo particular. Como mencionado, as células cancerígenas crescem como um processo anormal no corpo porque já não reconhecem os sinais do corpo que estimulam ou destroem o crescimento celular.

À medida que essas células crescem e se dividem, elas se tornam mais incontroláveis. E já que eles não respondem mais à apoptose, eles tendem a acelerar a proliferação celular e ignorar os outros sinais das células normais. É por isso que o sistema endocanabinóide é um sistema extremamente importante no corpo porque também ajuda a modular o crescimento e a morte das células.

À medida que as células cancerígenas se reproduzem mais rápido do que o sistema endocanabinóide pode manipular, as células cancerígenas invadem os tecidos normais e se espalham por todo o corpo. Este processo é chamado de metástase.

O sistema endocanabinóide tem dois receptores primários. Um deles são os receptores CB1, que são encontrados principalmente no cérebro, e o outro são os receptores CB2, que são encontrados principalmente no sistema imunológico.

O THC é o composto ativo da cannabis que se liga aos receptores CB1 e é responsável pelo humor, comportamento e outras funções cerebrais. Por outro lado, o CBD trava nos receptores CB2 e diz a esses receptores se há invasores? que são prejudiciais para o corpo.

O processo apoptótico por estes receptores é conseguido através da síntese de novo de ceramida e esfingolípidos que promovem a destruição celular .

Uma vez que eles se ligam, a ativação do receptor pode então ajudar o sistema endocanabinoide a sinalizar uma advertência antitumorígena. O que significa que prejudica o desenvolvimento do câncer através da inibição da reprodução, metástase e angiogênese tumoral.

Conclusão

Embora novos estudos ainda precisem ser revisados ​​para provar essas afirmações, os canabinóides do óleo de cannabis inegavelmente ajudaram os pacientes com câncer de uma forma ou de outra. Os pacientes de quimioterapia também se voltaram para o óleo de cannabis para aliviar seus efeitos colaterais pós-quimioterapia, como náuseas, vômitos, fadiga, inflamação, dor neuropática, imunossupressão e perda de apetite.

Fonte: OncoZine, The International Oncology Network

Sua dieta saudável pode não ser tão saudável assim

Alimentos in natura, aqueles que não passaram por processos industriais, devem ter prioridade na mesa(foto: Ani Davidiani/Pixabay)

A regra parece simples. Se quer ter uma dieta saudável, basta consumir comida de verdade. Mas nem todos conseguem, querem ou sabem diferenciá-la.

A alimentação básica e saudável é simples. Ou seja, não há nenhum mistério para conseguir alcançá-la e não se demandam recursos financeiros altos. “O primeiro aspecto é a variedade de alimentos de grupos diferentes. Os alimentos quando  preparados devem ser de forma criteriosa. É preciso dar preferência, sempre que possível, aos crus, de acordo com o tipo, claro. Se cozidos, em especial, no vapor, assim como assados e grelhados, para quem come alimento natural, faz disso uma rotina.

No fim, na busca por comer melhor e com mais qualidade. A correria do dia a dia não pode ser desculpa para nada. Tudo é questão de prioridades e de gostos. E mais, a dieta não é a única coisa que deve fazer parte da rotina saudável, mas a prática do exercício físico também é obrigatória como componente de vida saudável.

Moda, crendice, mágica, milagre… Parece surreal, mas a realidade é que, de tempos em tempos, um alimento ou outro surge como a solução para todos os problemas: do mais saudável ao que cura; daquele que emagrece ao que retardará o envelhecimento… Fale sério! A questão é que milhares de pessoas ainda caem na história dessas “novidades”. “O ser humano gosta de ser enganado. Ele sempre busca fórmulas mágicas para solução de problemas.

A vida é feita de prazeres também, o que não pode é o prazer ser a rotina.

Frituras não devem fazer parte da rotina do preparo. Ou seja, devem ser exceção. Muitas pessoas dizem que comem pouco, mas quando se avalia, o preparo é completamente inadequado, com adição de grande quantidade de gordura.

Existe uma verdadeira hipnose de embalagens que vendem muitos alimentos como verdadeiros “remédios” do bem, mas que, na realidade não o são. E estão repletos de conservantes, estabilizantes, aditivos e corantes. O mercado de produtos que só parecem saudáveis aumenta a cada temporada, e junto com todas essas novidades aumentam também as doenças como obesidade, diabetes, hipertensão arterial, colesterol alto, cânceres entre outras .

Todos deveriam ter de ler os rótulos, contudo, a maioria das pessoas não tem conhecimento para interpreta, ler o rótulo é uma forma de tentar entender melhor o que está sendo levado para casa e, logo, consumido. Só assim vamos escolher melhor na hora da compra. Leia as letras pequenas!

Vanessa Bonafini

 

 

 

 

sumo de aipo, a bebida milagrosa que está a deixar a internet em euforia

Celery-Juice2-1024x780.jpg

Até Maio do ano passado, as pesquisas online por sumo de aipo eram absolutamente residuais. Mas, nos últimos seis meses, dispararam em todo o mundo com valores que chegam a atingir subidas de 900%. Só a plataforma de pagamentos americana Square diz que, entre Outubro de 2018 e 30 de Janeiro de 2019, as vendas de sumo de aipo nos Estados Unidos cresceram 454%. E a revista online Quartz garante que hoje se vende quatro vezes mais sumo de aipo do que sumo de couve kale.

O responsável por toda esta febre é o americano Anthony William. Aos 28 anos, William tem publicados quatro livros de alimentação saudável que atingiram o top de vendas do New York Times, o último dos quais é o sucesso internacional Medical Medium (que poderá ser traduzido por qualquer coisa como o Médico Medium).

É ele que defende que 450 ml de sumo de aipo bebidos diariamente, com o estômago vazio, ajudam a combater várias doenças crónicas e auto-imunes, como a artrite reumatóide, a fibromialgia, a doença celíaca, a diabetes e muitas, muitas, muitas mais. Isto, claro, além de emagrecer.

A boa notícia é que, para fazer este milagroso sumo de aipo, só precisa de colocar um molho de talos de aipo numa máquina de sumos e ligar. A má notícia é que Anthony William chegou à conclusão de todos estes benefícios do aipo através de uma voz.

Exactamente, “A” voz. Não a Voz da Casa dos Segredos, mas a voz que ele ouve dentro da sua cabeça. “Eu ouço uma voz que me dá as informações”, garantiu William à Quartz. “Mas essas informações, por mais tontas que possam parecer para muitos, já ajudaram milhões de pessoas a curarem-se de doenças crónicas”.

Segundo William, este seu dom surgiu aos 4 anos quando, a meio de um jantar de família, ele anunciou que a sua avó, aparentemete saudável, tinha um cancro no pulmão. Pouco tempo depois, testes médicos terão confirmado a doença da avó.

GetResource.jpeg

É com esta história que Anthony William se apresenta no seu site e foi com esta história que chegou ao sucesso mundial, conquistando a simpatia de centenas de personalidades públicas, incluindo a actriz americana Gwyneth Paltrow e o seu site Goop, onde William é um colaborador regular. Segundo o autor, o que torna o aipo num ingrediente quase milagroso são os “sais de aglomerado de sódio” que ajudarão a expulsar as toxinas do organismo.

Se nunca ouviu falar destes “sais de aglomerado de sódio”, é normal. “É uma combinação de sais minerais, complexa, que a ciência ainda não estudou”, garante o autor visionário à Quartz.

Eu confesso que sempre fui um fã de aipo. Não pelos sais de aglomerado de sódio, mas pela sua frescura e textura crocante. Molhado num molho de iogurte, num guacamole ou num húmus, o aipo é divinal. E, como os cientistas e nutricionistas garantem que o sumo de aipo não é milagroso, mas também não fará mal a ninguém (até porque 95% do aipo é água), vou experimentar. Se não tiver uma máquina de sumos, coloque os talos de aipo partidos dentro de um liquidificador e triture tudo muito bem. Depois filtre através de um passador e já está. Se entretanto conseguir curar alguma doença, eu aviso.

Vanessa Bonafini

CURA

A imagem pode conter: flor e texto

A cura não está fora.
Vem de dentro.
Adoece quem vive uma vida que não tenha sintonia com sua essência.
Quando você está sendo quem de verdade é, quando está em sintonia com a sua alma, você está conectado a uma energia que nutre e protege suas células.
Mas quando se afasta de seu verdadeiro Ser, você perde essa conexão.
Se a conexão não for restabelecida, você pode adoecer.
Isso não é ruim.
É um mecanismo que tem a função de gerar equilíbrio, de despertar você, de convidá-lo a redirecionar a sua vida.
A cura requer que você pare de trair a sua luz, que você se reconecte ao amor, sua mais verdadeira essência.
A cura vem de uma escolha.
Amar a vida.
Receber cada dia como um presente.
Compartilhar o seu melhor com o mundo.
Cocriar, de mãos dadas com essa força maior que sustenta as estrelas no céu.
A cura é uma possibilidade para todos.
A doença é o esquecimento.
Lembre-se.
Você é feito de luz.
Cada célula de seu corpo é feita de luz.
Você pode trocar a palavra luz por Amor.
Sinta isso agora mesmo.
Pulsando em seu corpo
Se expandindo.
Acredite.
Não há força mais poderosa no Universo, do que essa energia que agora mesmo se encontra em cada uma de suas células.
Desperte-a.
Cure a si mesmo.
Sim.
Você é poderoso assim!

Texto: Patricia Gebrim

Hambúrguer de Carne Vegetal. O Futuro da Proteína:

Image result for beyond meat novidades no mercado

Aqui  nos Estados Unidos, hambúrgueres feitos com vegetais, mas que imitam carne bovina em aparência, textura, aroma e sabor já estão fazendo o maior sucesso.

O sucesso da Beyond Meat é o resultado de uma conjunção de fatores. O avanço da ciência permite a criação dessas proteínas à base de vegetais com gosto bastante semelhante ao de um hambúrguer “de verdade”. Além disso, o mercado consumidor tem se mostrado bastante aberto às novidades. E a estratégia de marketing não apenas da Beyond Meat, mas também de seus concorrentes, é vender o Beyond Burguer como um produto voltado aos carnívoros.

Para Ethan Brown, presidente executivo, a Beyond Meat aposta em uma mistura de proteína de soja de ervilhas, processado de forma que sua textura lembre a de carne real.

Agora vou falar da minha experiência depois que provei o Beyond Meat, se ninguém tivesse me contado não saberia que se tratava de uma carne vegetal o sabor é incrível e muito saboroso. Não sou vegetariana e nem vegana (ainda) mais tenho procurado uma alimentação mais saudável e se possível sem carne de nenhum tipo. Com toda certeza o preço está sendo considerado um pouco além do que seus consumidores esperavam, mas acredito que a concorrência chegando os mesmos devem ficar mais acessível . Porque aqui já tem outras empresas entrando no mercado como Impossible Foods, fundada por um professor de bioquímica de Stanford, bem como a chilena NotCo, que tem uma maionese “feita por algoritmo”, à base de grão-de-bico. Será esse o futuro? Pessoas mais conscientes e de fato preocupadas com a saúde. Espero eu que sim.

 

A imagem pode conter: texto que diz "Three times a day you have the opportunity to make one of the most powerful impacts on climate change. Our mission is to make that choice delicious, seamless and better for you and the planet. " Ethan Brown Founder & CEO GO BEYOND"
Três vezes por dia você tem a oportunidade de fazer um dos maiores impactos na mudança de clima. Nossa missão é fazer essa escolha deliciosa, sem emenda e melhor para você e o planeta.
Vanessa Bonafini